Espaço do Museu de Aveiro (Santa Joana) acolhe IV Congresso em Estudos Culturais

Out 23, 2013 by

Fachada Museu de Aveiro MGT

O “IV Congresso em Estudos Culturais – Colonialismos, Pós-colonialismos e Lusofonias” realizar-se-á no Museu de Aveiro (Santa Joana) nos dias 28, 29 e 30 de abril do próximo ano. Membro da Cultural Studies Network, que reúne algumas das mais destacadas instituições ligadas às artes e à cultura em Portugal em parceria com o PDEC UA/UM, o Museu abrirá as portas das suas instalações para as atividades do evento, possibilitando um mergulho na história local de Aveiro, a partir de um dos espaços mais emblemáticos da cidade.
O edifício foi, inicialmente, um convento dominicano erguido no século XV, onde se recolheu a princesa Joana, que viria a ser canonizada em 1693. Com a extinção das ordens religiosas em Portugal em 1831, passou a abrigar um colégio até ao ano de 1911, quando se tornou o Museu de Santa Joana. Apesar das diversas modificações sofridas entre o século XVI e o século XX, estão preservados alguns dos mais importantes espaços conventuais, tais como a Igreja em talha dourada, o claustro e as capelas adjacentes, para além dos dois coros (alto e baixo). O Museu conta ainda com um rico acervo artístico, cujo ex-libris é o Túmulo de Santa Joana, confecionado em jaspe por ordem do rei D. Pedro II e que guarda os despojos da princesa.
De acordo com a Dra. Zulmira Gonçalves, Diretora do Museu de Aveiro (Santa Joana), a parceria com o Programa Doutoral em Estudos Culturais UA/UM traz muitas expectativas e é do maior interesse «numa altura em que avançam os estudos de âmbito histórico sobre a temática dos colonialismos, pós-colonialismos e lusofonias». Para além disso, «a visita de centenas de congressistas vindos de diferentes países lusófonos e não lusófonos contribuirá para a divulgação internacional do Museu ao mesmo tempo que possibilitará o aumento da diversidade de conhecimento e de experiência, de maneira a promover conjuntamente a qualidade dos resultados e uma maior abrangência dos mesmos», conclui a Diretora.
Para a organização do IV Congresso, não poderia haver melhor lugar para as atividades científicas e culturais que o evento oferecerá: «o Museu de Aveiro (Santa Joana), para além do seu imenso valor histórico, arquitetónico e artístico, guarda uma estreita relação com a memória da cidade de Aveiro. Um espaço com essas características imprime, por certo, a este IV Congresso um encanto todo especial», afirma a Professora Maria Manuel Baptista, coordenadora do PDEC na UA e diretora executiva do evento.Fachada Museu de Aveiro MGT

The “Fourth Congress in Cultural Studies – Colonialisms, Post- colonialisms and Lusophonies” will be held at the Museum of Aveiro (Saint Joanna) on April 28, 29 and 30, 2014. As a member of the Cultural Studies Network, which brings together some of the most prominent institutions related to arts and culture in Portugal in a partnership with the DPCS UA/UM, the Museum will open its doors for the event activities, thus allowing congress participants to immerse in the local history of Aveiro from one of the most emblematic spots of the city.
The building was initially a Dominican convent, constructed in the fifteenth century, whereat Princess Joanna retired to before being beatified in 1693. With the extinction of religious orders in Portugal in 1831, it housed a school until 1911, when it became the Museum of Saint Joanna. Despite undergoing several modifications between the 16th and the 20th centuries, some of the most important monastic spaces are well preserved, such as the gilded Church, the cloister and the adjoining chapels, as well as the two choirs (high and low). The Museum also possesses a rich artistic collection, whose most representative piece is the tomb of Saint Joanna, which was made in jasper by order of King Peter II and keeps the Princess’ remains.
According to Dr. Zulmira Gonçalves, Director of the Museum of Aveiro, the partnership with the Doctoral Program in Cultural Studies UA/UM carries many expectations and is of great interest «at a time when historical studies on the subject of colonialisms, post-colonialisms and lusophonies are advancing». Furthermore, “the visit of hundreds of congress participants from different Lusophone and non-Lusophone countries will contribute to the international promotion of the Museum. At the same time, it will facilitate an increase in the diversity of knowledge and experience, so as to promote both the quality of results and their greater coverage”, concluded the Director.
For the organizing committee of the Fourth Congress, there could be no better place for the scientific and cultural activities that the event will offer: “The Museum of Aveiro, apart from its immense historical, architectural and artistic value, it is closely related to the memory of the city of Aveiro. A space with such characteristics imbues, of course, this IV Congress with a special charm”, says Professor Maria Manuel Baptista, coordinator of the DPCS in UA and executive director of the event.